NA DÚVIDA, PERGUNTE

O que não fazer em uma visita

Assinar o plano imobiliário online e realizar as sua próprias visitas, pode ser muito benéfico;  uma vez que o intermediário será eliminado da venda, tornando o processo muito mais econômico e prático. Além disso, um toque pessoal pode tornar a venda ainda mais efetiva. Afinal, quem conhece melhor a sua propriedade do que você mesmo?

Assim como as antigas imobiliárias já testaram diversos métodos para fechar um negócio, você também deve estar atento às estratégias que atraem os potenciais clientes, e desistir de uma vez por todas daquelas que fazem correr direto para a porta de saída.
Confira agora dicas de proprietários sobre o que não fazer e aumentar as chances de fazer uma ótima venda!

O que não fazer em uma visita.

Não confie apenas na imaginação dos compradores

É comum pedir ao cliente que ele tenha uma imaginação fértil, e consiga visualizar imóvel além dos móveis e da decoração atual. Nem sempre a imaginação é realmente capaz de levá-los a esse lugar. Que tal ajudá-los nesse processo? Para isso, reduza, os toques pessoais, como, por exemplo, a quantidade de quadros de família e claro,  livre-se da bagunça.

Não fale demais

Todo mundo gosta de ser recebido por alguém simpático mas cuidado para não falar demais. Isso distrai os clientes e pode ser um pouco chato. Seja educado e responda as perguntas conforme o necessário, não é preciso se preocupar com os períodos de silêncio. O cliente precisa do seu tempo.

Não fique em cima do comprador

Deixe o cliente à vontade. Não precisa estar constantemente em sua linha de visão. Dê um pouco de espaço para ele olhar em volta.

Não torne a visita muito pessoal

O cliente pode ter curiosidades sobre a casa e fazer algumas perguntas,  mas isso não quer dizer que ele quer ouvir sobre seus problemas financeiros, divórcio e histórias muito pessoais. Isso o farão se sentir desconfortável e pressionado, – e, portanto, menos propensos a fazer uma oferta. Se eles perguntarem, mantenha sua resposta sucinta e neutra.

Não critique sua propriedade

Ser honesto é sempre o melhor caminho, porém, isso é diferente de dar destaque aos problemas da propriedade. Talvez a casa não receba muita luz natural, ou a vista dos fundos não é muito bonita. Se isso já é perceptível, não é preciso ressaltar. Qualquer crítica ao novo lar levantará dúvidas. E além disso, quem disse que eles não preferem um apartamento com mais sombra, por exemplo – deixe-os decidirem por si mesmos.

Não deixe seus animais de estimação correndo pela casa

Não importa o quão limpa seja a sua casa, a presença de animais de estimação fará com que os compradores se perguntem sobre o estado dos tapetes e se você está encobrindo algum  cheiro persistente. Além disso, eles podem ser uma distração e, em alguns casos, até mesmo gerar medo, por isso, tente garantir que eles estejam em outro lugar durante as visitações.

Não deixe obras inacabadas


Revestimentos de luz expostos, prateleiras bambas, ladrilhos inacabados e pisos semi- completos podem não parecer um problema para você – provavelmente você viveu com ele por um tempo e sabe que ele pode ser corrigido sem muito esforço. Aproveite e o conserte-os! Trabalhos inacabados farão com que os espectadores se perguntem sobre a integridade estrutural da propriedade: o que mais precisa ser feito? Será que precisa de muita obra?

Não ignore a competição

O sua provavelmente não será a única propriedade que seus espectadores veem. Por isso, vale a pena saber o que mais está no mercado na mesma faixa de preço. Saber o que você está enfrentando significa que você pode fazer alterações ou ajustes que dão à sua propriedade uma vantagem. A LIVIMA pode te ajudar a avaliar o seu imóvel!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *