morar sozinho no rio de janeiro
TENDÊNCIAS,  TODOS

MORAR SOZINHO NO RIO DE JANEIRO: PRIMEIROS PASSOS

Comprar o primeiro imóvel para morar sozinho e conquistar a tão sonhada liberdade: já pensou? A LIVIMA dá dicas.

Sabe aquela fase da vida em que a decisão de morar sozinho bate à porta? Viver com os pais tem suas vantagens, é verdade, mas convenhamos que, depois de um tempo, qualquer um precisa de um cantinho próprio, principalmente se você é jovem e repleto de planos! Sem dúvidas, esta é uma das mais importantes decisões de jovens e adultos – e engana-se quem acha que estamos falando apenas do aspecto financeiro. A coisa vai além, mas, se bem feita e planejada, tem tudo para ser uma das melhores experiências da vida. Se depender da LIVIMA, vai ser incrível – nós ajudamos a atravessar o ‘caminho das pedras’ dando passos mais seguros, ok?

Vem morar sozinho no Rio de Janeiro

Este, com certeza, é um dos melhores momentos para comprar um imóvel no Rio de Janeiro. Porém, um planejamento financeiro é essencial. É importante frisar que a compra de um imóvel próprio envolve não apenas as condições de financiamento imobiliário, mas também as despesas da nova rotina doméstica e o seu lazer. É preciso ter tudo na ponta do lápis.

Saiba o quanto você pode investir na compra de um imóvel

Você já tem em mente o tipo de imóvel que deseja? Por se tratar do primeiro, uma boa pedida é aquele conjugado recém-reformado. São apartamentos mais fáceis de revender ou, no futuro, alugar no caso de a família crescer. Inclusive, aproveite para buscar o imóvel aqui e dar uma olhada nos conjugados incríveis que separamos.

Nessa busca pelo primeiro imóvel, pensar no seu estilo de vida e necessidades, como a proximidade do trabalho, da praia, daquele restaurante preferido, entre outras comodidades que são importantes para você viver bem. Estes aspectos ajudarão na escolha do bairro ideal pra você.

Depois de definir os requisitos para o seu primeiro apê e o bairro que satisfaz as suas necessidades, não esqueça da questão financeira: no eBook da LIVIMA “Comprar ou alugar?” apresentamos várias dicas para começar a se planejar, e uma delas é saber o quanto você dispõe para a entrada. Você deverá ter, no mínimo, 20% do valor do imóvel para garantir as melhores condições e negociação. Assim que você definir este valor, pense no quanto pode disponibilizar, mensalmente, para o financiamento do imóvel. Nossa sugestão bem prática: este empréstimo deve fazer parte dos gastos do dia a dia, que não devem ultrapassar 50% da sua renda, como bem lembramos no primeiro artigo da Revista LIVIMA.

Além do financiamento, há outros custos mensais que devem ser considerados, como o condomínio. Você pode optar por uma estrutura mais básica no prédio e, de repente, investir na parte interna do apartamento. Ou então, se quer contar com opções de lazer para receber os amigos, há opções diversas de prédios com ótima infraestrutura. Conte qual tipo de imóvel é melhor para você e lhe ajudaremos nesta escolha, enviando apês que têm a sua cara.

Definido o condomínio, não esqueça de contabilizar as despesas de luz, gás e água – esta última às vezes está incluída no valor do condomínio. Portanto, inclua-as naqueles 50% e boa sorte! Você não terá problemas.

Morar bem é no Rio de Janeiro

Morar sozinho é uma experiência única: você pode até abrir mão de algumas comodidades, mas nada substitui aquela indescritível sensação de liberdade, que compensa qualquer desafio.

E nada como começar essa caminhada no Rio de Janeiro, mais especificamente em bairros super descolados. A Zona Sul, por exemplo, é uma região bem completa. Praticamente todos os bairros têm ciclovias, estações de metrô ou fácil acesso, o que facilita o deslocamento e contribui para a valorização do imóvel.

Aqui na Revista da LIVIMA já falamos de dois bairros bem bacanas: Botafogo e Ipanema. Eles contam com um farto comércio, que facilita o dia a dia independentemente do seu estilo e hábitos, além, é claro, de uma infraestrutura de transportes e lazer.

Como deixar seu imóvel funcional e moderno

Ok, você encontrou o apê dos seus sonhos com a LIVIMA, mas, e agora: como deixá-lo bacana para morar, receber os amigos e até colocá-lo para alugar? Separamos algumas dicas que podem ajudar:

  • Utilize cores claras nos ambientes. Elas dão uma sensação de espaço mais amplo e, claro, com mais vida. Sim, vale a pena inserir tons escuros, mas apenas para dar um toque à decoração.
  • Aqui vale também o que os olhos realmente enxergam, portanto, outra dica para dar sensação de mais espaço: use espelhos, não importando se estão na parede inteira, vertical ou horizontal.
  • E a mais importante de todas: opte por móveis multiusos. Para a cozinha, por exemplo, escolha móveis planejados. Nos quarto, invista em prateleiras e cama box com gavetas e arandelas. Já na sala, no máximo um sofá de três lugares junto a uma poltrona ou dois pufes – fica a seu critério.

Estas são apenas algumas dicas rápidas para deixar seu imóvel mais moderno e funcional. Voltaremos a falar sobre decoração para conjugados em breve. Fique de olho na revista da LIVIMA.

Para concluir, o caminho do primeiro apê não tem mistério: tenha em mente exatamente o quanto você pode dar de entrada e o quanto vai financiar, planeje-se para pagar as contas mensais, e escolha o imóvel que seja a sua cara em um bairro que tenha a ver com seu estilo de vida. Lembrando que os conjugados costumam ser boas opções, tanto para morar, arrumar, decorar, revender e alugar por temporada ou longos períodos.

A LIVIMA é a primeira imobiliária online que ajuda você a dar um passo mais concreto para morar sozinho, e se você precisa de ajuda no seu planejamento financeiro, não se desespere (fale conosco!).

Falando nisso, você sabia que as comissões imobiliárias vão acabar? 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *