TODOS

Como a queda da Selic beneficia o financiamento imobiliário?

No dia 18 de setembro, foi anunciada pelo Banco Central a queda da taxa básica de juros. A Selic passou de 6 a 5,5% ao ano. Essa taxa influencia diretamente em toda a economia, – quando ela diminuiu, os juros caem junto e o crédito fica mais barato para todo mundo.

Mas como isso reflete no Mercado Imobiliário?

Uma vez que a taxa Selic influencia nos juros de toda a economia do país, não seria diferente na questão dos financiamentos. Quando ocorre queda da Selic, a população passa a ter maior facilidade em adquirir crédito e, consequentemente, consumir mais.

Como falamos anteriormente, a taxa de juros influencia diretamente na economia brasileira. Por exemplo, o cenário econômico de 2016, a Selic chegou a 14,25% e obrigou muitos comerciantes a reduzirem o preço de suas mercadorias, –  o intuito do Banco Central era diminuir a inflação.

Essas situações interferem indiretamente no financiamento de imóveis. A comprovação disso foi justamente em 2016 quando a Selic estava em alta e o número de propriedades novas vendidas no Brasil diminuiu muito.

Mas o contrário também pode acontecer e é justamente neste cenário que estamos vivendo agora!

Para entender melhor a relação entre Selic e financiamento, pode-se pensar na seguinte situação:

Você quer comprar um imóvel e para isso, economiza mensalmente uma quantia em dinheiro para poder dar entrada em um financiamento imobiliário. Como você está bastante empenhado, já até procurou quais instituições possuem as menores taxas do mercado (alô guerra de crédito entre os bancos). Até que um dia você acorda e lê a notícia de que o Banco Central DIMINUI os índices da Selic e REDUZIU as taxas de juros basica. Com esse novo cenário, você precisará repensar todos os seus planos da compra de um imóvel, já que vai precisar de MENOS dinheiro para arcar com os juros do financiamento! E quem sabe pode até comprar um imóvel melhor.

Resumindo, quanto menor a Selic, menor o custo de financiamento. E logo, ocorre um aumento de acesso ao crédito para o mercado imobiliários.

A tendência é que a taxa sofra novos cortes nos próximos meses!

 

Que cenário bom! Guerra de créditos entre bancos e Selic diminuindo cada vez mais. No meio de tudo isso, que mais se beneficia são os compradores e proprietários. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × um =