NA DÚVIDA, PERGUNTE,  TODOS

7 COISAS QUE PODEM DESVALORIZAR SEU IMÓVEL

Evite surpresas na hora de vender ou transferir seu apartamento

Recentemente, abordamos aqui na revista LIVIMA pequenas reformas que valorizam o seu apartamento ou casa. Ainda com a missão de te ajudar a conseguir uma ótima negociação, resolvemos falar sobre o outro lado da moeda, e separamos 7 coisas que podem desvalorizar seu imóvel à venda. Se não for o caso de venda, pense em uma possível transferência de propriedade, quem sabe uma herança. O segredo é manter o apê em um ótimo estado de conservação, com dicas simples, das quais você não vai ser arrepender.

É claro que em nossa seleta lista dispensamos aquelas situações que fogem ao alcance do morador, por exemplo, vizinhança ou problemas pontuais no bairro. Ou seja, nosso foco é apenas aquelas que afetam a estrutura do imóvel. Vamos a ela então:

  1. Evitar “entulhos” pelo imóvel

Aqui o segredo é trabalhar a otimização do espaço. Sabe aquele “entulho” bem desagradável que fica no caminho de quem te visita? Pois é, não é legal. Desta forma, os compradores não conseguem ter uma visão clara do espaço.

  1.  Nada de manter cores exóticas e carpete

Pode ser aquela parede verde musgo já tenha sido moda um dia, mas a verdade é que escolhas de pinturas incomuns podem afastar qualquer um precocemente. Falamos disso no post anterior, e nossa dica é sempre optar por cores neutras, como o White-Off, que dão uma sensação de que o espaço é mais amplo.

Outra situação, digamos, que pode ser evitada é o carpete. Deixe seu taco charmoso à vista, esse hit das décadas de 50 e 60 está de volta na decoração, além de ser super charmoso, o material mantém a casa aquecida. Além disso, o carpete acumula ácaros se não for limpo regularmente. Que tal virar essa página?

  1.  Não expor móveis quebrados

Você deixaria para seus filhos móveis danificados ou, melhor, gostaria que um potencial comprador visitasse o imóvel com eles aparentes? Não, certo? Então, muito cuidado com esse item – um dos campeões em atrair os olhares das visitas e dispersar a atenção de possíveis compradores.

  1.  Deixar limpo o ambiente (é fácil e imprescindível)

Você já ouviu aquela expressão “uma sujeira vista várias vezes se torna invisível?”. Pois é, nós também não, mas deve ser verdade, pois algumas pessoas têm o dom para ignorar aqueles cantos bem sujos. Portanto, evite superfícies nas quais o acesso é difícil e acaba dando aquela preguiça (ou muito trabalho) de limpar. Os interessados vão reparar com certeza.

Chame aquela diarista gente boa a cada 15 dias ou, se preferir, mão na massa. O importante é riscar da lista este que é o item mais tranquilo para que o seu imóvel agrade.

  1.  Não exagerar nos acessórios (eles podem atrapalhar)

Uma coisa é ter qualidade a outra é querer aparentar qualidade. Acessórios, como ladrilhos, torneiras, maçanetas devem ser bons sempre, porém evite exageros ao optar por coisas de muito requinte. Esses itens podem passar a impressão de supervalorização do local, mas no fundo acrescentam pouco ao preço final.

  1.  Concentre o esforços em uma boa iluminação

Você sabia que pessoas que querem comprar apartamento também fazem visitas à noite? Isto é, capriche bem na iluminação de uma forma com que os interessados consigam identificar todos os aspectos necessários do apê. Fora isso, caso a iluminação seja um dos pontos fortes do seu imóvel, mostrar como ele fica bonito bem iluminado é um super diferencial. Uma dica é utilizar uma luz mais quente.

  1.  Prestar muito atenção ao encanamento e parte elétrica

No texto “Pequenas Reformas Valorizam o Imóvel”, também ressaltamos a importância de se fazer uma boa maquiagem do local, mas no bom sentido. Nada de mascarar problemas que não são tão aparentes. Quem realmente se interessar pelo apê, vai verificar questões como encanamento e a manutenção da parte elétrica (que não deve ser superior a 10 anos de uso sem passar por uma boa revisão). Portanto, se antecipe e corra atrás da solução, pois o prejuízo neste quesito pode ser enorme, e inviabilizar uma venda.

Esperamos que você tenha aproveitado bem as nossas dicas e consiga evitar alguns desses erros comuns. Porém, é bom deixar claro que cada imóvel tem suas particularidades, e aí cabe ao proprietário saber quais das dicas pode aproveitar da melhor maneira.

É importante cuidar do local caso você venha a vendê-lo ou deixá-lo para seus filhos. Como você sabe, o ‘diabo mora nos detalhes’, logo manter um ambiente limpo, com bom acabamento, e livre de entulhos (preservando o espaço para circulação) já é de bom tamanho para tornar o local agradável. Mãos à obra!

Se você já tem um imóvel para colocar as dicas em prática (perfeito!), mas deseja aproveitar as dicas pensando em transferi-lo aos seus filhos, fique ligado no blog da LIVIMA, pois vamos debater este assunto em breve, e explicar os documentos necessários para transferência, para que tudo ocorra sem sustos, ok?

Seja qual for a sua situação, compra ou venda, lembre-se que a LIVIMA está aqui para te ajudar. Entre no site, conte pra gente qual o perfil do imóvel que você quer morar e conheça mais o nosso trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *